Marco Aurélio diz que houve censura em decisão para retirar reportagens

O ministro Alexandre Moraes pediu a remoção de reportagens envolvendo Toffoli

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, disse nesta terça-feira (16) que houve censura na decisão do ministro Alexandre de Moraes para a remoção da reportagem “O amigo do amigo do meu pai”, da revista “Crusoé” e ao site “O Antagonista”.

Para Marco Aurélio, a remoção do conteúdo dos sites jornalísticos “é inconcebível”. “Prevalece à liberdade de expressão, para mim é censura”, declarou o ministro ao Estadão/Broadcast. O ministro disse ainda que “não viu nada de mais no que foi publicado com base em uma delação”. “O homem público é, acima de tudo, um livro aberto. A remoção do conteúdo é um retrocesso em termos democráticos”, avaliou.

Segundo o Estadão, a cúpula da Procuradoria-Geral da República e pelo menos três ministros do STF também criticaram a decisão do ministro por avaliar que o entendimento de Moraes contraria entendimentos recentes do tribunal sobre liberdade de imprensa e abre margem para excessos.

Em defesa, o site sustenta que a reportagem tem como base um documento que consta dos autos da Operação Lava Jato. O empresário Marcelo Odebrecht encaminhou a Polícia Federal informações sobre codinomes citados em e-mails apreendidos em seu computador em que afirma o apelido “amigo do amigo do meu pai” se refere a Toffoli.

Sobre Noticidade Brasil 7623 Artigos
Noticidade Brasil é um portal de noticias que veio com a ideia de levar a informação de modo rápido e de fácil acesso ao publico. Contamos com uma equipe totalmente qualificado e com parceiros que estão aptos a nós ajudar levar a informação até você. Noticidade Brasil, a notícia a um clique de distancia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*