Governo estuda auxílio a famílias que abrigam vítimas da enchente no Rio Grande do Sul

Inicialmente, ideia é conceder R$ 400 por pessoa abrigada; dados da Defesa Civil apontam que, ao todo, existem 581.633 desalojados

governo federal avalia uma maneira de realizar pagamentos para as famílias que abrigam as vítimas das chuvas e das enchentesque atingem oRio Grande do Sul. Não há, ainda, decisão tomada sobre essa proposta. Inicialmente, a ideia é conceder um auxílio de R$ 400 por pessoa abrigada.

O estudo foi solicitado pelo ministro Paulo Pimenta, que chefia a Secretaria Extraordinária para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul. Agora, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome vai analisar a probabilidade legal da medida, uma vez que atualmente os recursos são distribuídos fundo a fundo com as prefeituras.

As transferências fundo a fundo ocorrem quando há o repasse direto de recursos provenientes de fundos da esfera federal para fundos da esfera estadual, municipal e do Distrito Federal, dispensando a celebração de convênios.

De acordo com dados da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, as chuvas e enchentes deixaram, até o momento, 581.633 desalojados. O número de mortos subiu para 157, e continuam desaparecidos 88 moradores. Ao todo, a tragédia ambiental impactou 2,3 milhões de pessoas de 463 cidades gaúchas.

Sobre Noticidade Brasil 7486 Artigos
Noticidade Brasil é um portal de noticias que veio com a ideia de levar a informação de modo rápido e de fácil acesso ao publico. Contamos com uma equipe totalmente qualificado e com parceiros que estão aptos a nós ajudar levar a informação até você. Noticidade Brasil, a notícia a um clique de distancia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*