Na véspera da Sexta-feira Santa, clientes lotam peixarias

Mais de 300 pessoas aguardam na fila, os peixes mais procurados são Pintado e Pacu

Consumidores deixam para comprar peixe, prato principal do almoço de amanhã, na véspera da Sexta-Seira Santa de última hora e lotam peixaria na Capital. No Mercadão municipal o fluxo de clientes é grande, há mais de 300 pessoas dentro do comércio e fora do comércio em busca de peixes.

Rosalina Pinheiro deixou para garantir o peixe, prato principal na Sexta-Feira Santa de última hora e acabou enfrentando uma fila. ” Costumo consumir peixe nesse período por tradição da família. Estou a procura de um Pintado, a família é grande e tem crianças, então optamos por um peixe sem espinho”, pontuou.

Na véspera da Sexta-feira Santa, clientes lotam peixarias
Rosalina Pinheiro deixou para garantir o peixe, prato principal na sexta-feira Santa de última hora (Foto Luciano Muta)


Jessica Monteiro também deixou para comprar o peixe de última hora e afirma que só comer a carne nesse período por questão religiosa apenas. ” Estou atrás de um Pintando ou Pacu, vamos ver o que vou conseguir comprar até chegar minha vez de se atendida”, disse.

Tradicionalmente, durante a Semana Santa, o consumo de carnes brancas, especialmente peixes, aumenta. Os católicos tendem a consumir mais carne branca, especialmente na Sexta-feira Santa ou da Paixão. Para manter as vendas estáveis, os estabelecimentos em Campo Grande mantiveram os preços, apesar da maior demanda.
Segundo os comerciantes, durante a quaresma, há uma busca por peixes mais nobres, com menos espinhas. Nas peixarias, o quilo da tilápia está sendo vendido a R$ 43,90, enquanto o pintado de rio custa R$ 44,90.

Fonte: Diário Digital

Sobre Noticidade Brasil 7240 Artigos
Noticidade Brasil é um portal de noticias que veio com a ideia de levar a informação de modo rápido e de fácil acesso ao publico. Contamos com uma equipe totalmente qualificado e com parceiros que estão aptos a nós ajudar levar a informação até você. Noticidade Brasil, a notícia a um clique de distancia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*