CAPITAL – Criança de 3 anos tem fratura exposta após ser torturada por mãe e padrasto

Menina foi levada primeiro para UPA Leblon e de lá transferida para a Santa Casa de Campo Grande

Mãe de 21 anos e padrasto de 19 foram presos por tortura de uma criança de 3 anos, no Bairro Santa Emília, em Campo Grande. O flagrante aconteceu por volta das 22h desta segunda-feira(21), quando os dois procuraram atendimento médico para a vítima na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon. Alegaram que ela havia caído do berço, sozinha, mas a mãe acabou confessando o espancamento depois de confrontada na Santa Casa de Campo Grande, para onde a menina foi levada.

Conforme boletim de ocorrência, a criança apresentava lesão no rosto e fratura exposta na perna. Indagada, a mãe disse que a filha havia caído do berço. Porém, o médico que fazia o atendimento desconfiou do padrasto e acionou o Conselho Tutelar, que comunicou o fato à delegacia de plantão.

Em razão dos ferimentos, alguns já em fase de cicatrização, a vítima foi levada para a Santa Casa. Lá, a mãe acabou se contradizendo e confirmando que batia na filha. Ela disse ainda que na semana passada o padrasto havia dado uma surra na menina usando fio de ventilador.

A mãe contou ainda que só procurou a Upa porque a menina estava reclamando de dores na perna. A mãe e o rapaz, foragido da Justiça, foram presos em flagrante. Um bebê que a mulher carregava no colo foi para um abrigo da cidade. Os nomes não são divulgados em atendimento às determinações do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), para proteger a vítima.

À espera de cirurgia – 

Imagem de arquivo.

A menina está na Santa Casa de Campo Grande. A informação é que ela chegou à 1h15 desta terça-feira, levada pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). A paciente tem diversos ferimentos, escoriações no rosto e queimadura em coxa esquerda, além da fratura exposta.

Segundo a assessoria de comunicação do hospital, a menina está consciente, orientada e comunicativa. Respira sem ajuda de aparelhos, passou por exames e está em avaliação da ortopedia. Ela vai precisar fazer cirurgia na perna fraturada.

A história contada inicialmente na UPA para a qual a criança foi levada, sem roupas íntimas, é de que havia caído de berço às 17h de domingo (19). A mãe disse que a menina havia caído da altura de cerca de 80 cm e que tinha encontrado a filha no chão, “chorando e se queixando de dor em perna esquerda”, onde havia um ferimento.

O caso, registrado na delegacia de plantão, vai ser encaminhado para a especializada, a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Credito: Campo Grande News

Sobre Noticidade Brasil 7420 Artigos
Noticidade Brasil é um portal de noticias que veio com a ideia de levar a informação de modo rápido e de fácil acesso ao publico. Contamos com uma equipe totalmente qualificado e com parceiros que estão aptos a nós ajudar levar a informação até você. Noticidade Brasil, a notícia a um clique de distancia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*