CAMPO GRANDE – Município dá primeiro passo para reformar antiga rodoviária

Intenção do município é implantar espécie de central do cidadão onde funcionavam as plataformas

A prefeitura quer contratar uma empresa especialista em revitalização de espaços públicos para tocar a requalificação da antiga rodoviária. Edital publicado no Diário Oficial desta terça-feira (5) convida as companhias interessadas a mandarem portfólio para que o município selecione qual vai assumir o serviço.

Catiana Sabadin, coordenadora especial da Central de Projetos, disse ao Correio do Estado que as intervenções em questão se restringem aos espaços públicos do terminal, que são as velhas plataformas de embarque e desembarque.

A intenção, segundo ela, é montar ali uma espécie de central do cidadão. “São seis mil metros quadrados. Ali vão ter umas linhas de ônibus, mas sem retomar aquela função de terminal central”, explica.

Como os recursos do projeto são do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o edital foi aberto para empresas de outros países. O valor do projeto não poderá ultrapassar o teto de U$ 200 mil.

As manifestações de interesse deverão ser entregues impressas até às 17h do dia 18 de novembro em envelope aos cuidados de Catiana. A execução dos serviços deverá ser iniciada a partir da emissão da ordem de início. A contratada terá prazo final 90 dias para entregar projeto e valores.

O município pretende concluir a licitação até o fim do ano para que as obras comecem efetivamente em março, afirmou a coordenadora.

PACOTE

A verba para a execução do projeto na antiga rodoviária faz parte de um montante de R$ 74,6 milhões obtidos pelo Ministério do Desenvolvimento Regional para transformar a zona urbana de Campo Grande.

Esses investimentos incluem a revitalização da Rua Bom Pastor e a instalação de rede de fibra ótica no valor de R$ 27 milhões que deve melhorar a conexão com a internet nas repartições públicas e também acelerar os sistemas de comunicação do município.

O Correio do Estado apurou que uma das alternativas que a prefeitura cogita para o corredor gastronômico é tornar a via mão única. Também está prevista a padronização das calçadas. “Ainda não está definido [se a via será de mão única ou de mão dupla], a população da região, os comerciantes, todos serão ouvidos”, informou a coordenadora da Central de Projetos.

AÇÕES

Atualmente a antiga rodoviária é tomada por moradores de rua e usuário de drogas. A Polícia Militar tem feito várias operações no local no intuito de reduzir a criminalidade no local, apreendendo entorpecentes e recolhendo quem tem mandado de prisão em aberto.

Semana passada um dos abordados fugiu dos agentes e foi personagem de uma caçada cinematográfica por nove quilômetros, três deles embaixo do chão pelas galerias subterrâneas do córrego canalizado na Rua Maracaju. Com o pé ferido por um tiro, ele saiu do túnel por um bueiro, convenceu uma pessoa de bem a chamar um Uber e foi preso no bairro Colibri.

Sobre Noticidade Brasil 7390 Artigos
Noticidade Brasil é um portal de noticias que veio com a ideia de levar a informação de modo rápido e de fácil acesso ao publico. Contamos com uma equipe totalmente qualificado e com parceiros que estão aptos a nós ajudar levar a informação até você. Noticidade Brasil, a notícia a um clique de distancia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*